Confira como se pagar seus boletos do Banco Pan

É muito comum aquele cliente que deixa passar da data de vencimento do boleto e por isso precisa gerar um novo, como o PanAmericano lida muito com esse serviço todos os dias eles resolveram disponibilizar o mesmo de forma online para que a pessoa possa acessar. Esse novo serviço online acaba deixando tudo mais fácil, porque antes a pessoa tinha que se locomover até a agência para solicitar, hoje não, ela solicita na própria casa, trabalho, ou qualquer lugar que tenha acesso a internet.

2 Via Fatura Boleto PanAmericano

Mas assim como todos os novos serviços muitas pessoas não sabem Como pagar o cartão Pan, mas isso é algo simples, e para que você aprenda vamos orientá-los passo a passo, portanto, não deixe de ficar por dentro das nossas sugestões, uma vez que você aprendeu como atualizar pela internet você vai ver que é muito simples e que compensa bastante mesmo, muito mais do que ter que ir a agência somente para isso.

Vamos aprender a Atualizar Boleto PanAmericano, e para começar entre no site destinado a isso.

Como Atualizar Boleto PanAmericano Passo a Passo

  • Primeiro passo: entre no site acima e clique na opção “2° Via de Fatura – Cartão de Crédito”, e uma nova tela vai se abrir;
  • Nessa nova tela (como mostra a imagem acima) é necessário que você insira seus dados que estão sendo pedidos, no caso o numero do seu cartão e senha de acesso. Caso seja o seu primeiro acesso basta você ir na ultima opção em “Cadastre-se” e fazer, muito rápido e muito simples. Depois você volta novamente para acessar o site e entrar na pagina de serviços onde você terá a opção para imprimir esse documento novo.

Agora que você já sabe como consultar 2 via fatura PanAmericano sempre que precisa é só entrar no site que o mesmo está disponível 24h para você acessar e sem nenhum custo também.

7 livros para ler para seu bebê durante a gravidez

A leitura é uma forma maravilhosa para começar a desenvolver diversas habilidades e há muitas mães que praticaram essa atividade durante a gestação e possuem relatos bem interessante sobre o resultado.  Além disso, há especialistas que recomendam a prática para as mamães, revelando efeitos positivos tantos nelas como nos bebês.

Mas qual obra você deve ler? Veja a seguir uma pequena lista com 7 títulos para você ler para o bebê durante a gestação:

1. O Gato de Botas

Essa história de que contos clássicos já perderam a vez não se caracteriza como verdade. A mamãe pode ficar a vontade para escolher os contos literários que leu na sua infância e repassar para o seu bebê ainda na barriga e a dica é o livro “O Gato de Botas.”

2. Eu me chamo Antônio

“Eu me chamo Antônio” é uma obra brasileira que reúne diversos trechos e poemas unificados com ilustrações bem características. Essa não é uma leitura infantil, mas como se trata do gênero poesia traz muito sentimentalismo para a leitura.

3. O Pequeno Príncipe

Falar de leitura infantil é falar de “O Pequeno Príncipe”, uma das obras mais lidas no mundo inteiro. A leitura é muito significativa e recomendada para todas as idades, sendo um enredo lotado de lições e sentimentos distintos.

4. Mitos e Lendas

É interessante diversificar o tipo de leitura que você está praticando para o bebê porque essa atividade envolve sentimentos, expressão facial e o timbre da voz. E por isso, a leitura de “Mitos e Lendas” para crianças é uma recomendação e traz igualmente a valorização da nossa própria cultura.

5. Extraordinário

“Extraordinário” é um livro recomendado para todas as faixas etárias e pode ser uma leitura bem legal para se fazer a dois. A obra conta a história de uma criança especial e tem uma linguagem bem leve que já faz parte do costume de muitos leitores.

6. O Fantasma da Ópera

Você pode estar pensando que o livro “O Fantasma da Ópera” não foi escrito para crianças e neste pçode, a informação é até coerente. Mas o que é interessante lembrar é que existem muitas adaptações do t´~itulo, inclsusive para versões infantis e ilustradas, sendo uma ampliação de leitura para o seu filho.

7. Como Começa?

O título desse livro é em inquietante e deixa a curiosidade no ar e é justamente essa a proposta do livro. Relacionando o enredo como uma característica da infância: a curiosidade, a obra traz para os leitores uma história leve e bem engraçada. O jogo de palavras é bem utilizado e por isso, as crianças adoram escutar!

Como funciona a criação de uma ONG? Veja as etapas de forma detalhada

As ONG’s possuem iniciativas no mundo inteiro e são uma passo importante para minimizar os problemas sociais que enfrentamos. Quanto mais ONG’s puderem sem criadas, mais famílias e mais causas ambientais poderão ser atendidas.

Muita gente têm interesse em um trabalho filantrópico como esse, objetivando abrir uma ONG para trabalhar a favor da comunidade. Mas como será que funciona o processo de abertura dessa instituição?

Preparando um passo a passo para que você possa compreender a função da ONG e saber qual o procedimento para iniciá-la. Confira:

Entenda o que é uma ONG

Você pode ter uma ideia do que é essa instituição e o que ela pode proporcionar, mas para liderar um projeto como esse, é necessário ter muito conhecimento. As Organizações Não Governamentais (ONGs) visam defender uma causa política sem nenhum fim lucrativo e dentro dessas informações estão diversos outros aspectos como: apoio financeiro, contas a pagar, entre outros.

Escolha a sua causa

Existem diversos problemas sociais, ambientais e morais que precisam de suporte e uma das características mais interessantes sobre essas organizações, é que você defender qualquer causa. O ideal é que você escolha pelo que você quer lutar, a fim de começar campanhas e conduzir pessoas que possuam afinidade com a sua ideia. A escolha da causa é essencial para definir o rumo da sua ONG.

Procure apoio financeiro

Como mencionado, as ONGs são instituições que não possuem fins lucrativo e por isso, todos os projetos e contas serão mantidos a partir de doações. O quanto antes você conseguir apoio financeiro para a sua causa, melhor para garantir o apoio que você quer oferecer para a sua comunidade. É importante conquistar grandes investidores, mas vale lembrar que toa ajuda é bem vinda e não se pode pensar grande sempre quando o assunto é doação.

Elabore a proposta de Estatuto

Agora que você já conferiu os primeiros passos para abrir uma ONG, é hora de falar de processo burocráticos. O primeiro deles é a elaboração do Estatuto, ou seja, a criação do projeto que você vai apresentar como causa da ONG. É importante mencionar que depois dessa criação, você deve se reunir com os seus colaboradores para aprovar o Estatuto.

Registre-se legalmente

Você deverá, primeiramente, realizar a lavratura da escritura do imóvel no qual a ONG estará instalada. Depois disso, é preciso fazer o registro na Receita Federal. Caso tenha dúvidas, entre em contato com a instituição. Também é necessário realizar uma inscrição na Secretaria da Receita Estadual. Se existirem funcionários na sua ONG, os mesmo deverão ser registrados na Delegacia Regional do Trabalho.

3 cursos para se tornar um especialista em café

O café é uma das bebidas mais consumidas pelos brasileiros e esses grãos são tão importantes para nós, que existem estudos cada vez mais técnicos para desenvolver diversos tipos de café. Isso mesmo! Existem pessoas especialistas no assunto e que sabem utilizar recursos variados para diversificar o gosto de café e desenvolver o melhor grão.

Mas qual a formação desses profissionais? Se você quer se tornar um especialista em café, veja a seguir 3 cursos que você pode fazer:

Curso de Barista

Preparar um bom café é um arte, mas para ser especialista na área é necessário buscar uma formação adequada. Por isso, separamos alguns cursos possíveis para os amantes de café que querem aprender a diferenciar os grão, a escolher o melhor material e a dominar métodos de preparo da bebida.

Trata-se do curso de Barista, uma especialização voltada para produção, preparo e degustação do café. Além disso, o aluno também tem acesso a informações relacionados ao local de plantio e colheira do café, que pode influenciar muito no sabor.

Como você pode imaginar, o Barista precisa manusear máquinas no seu dia dia, como por exemplo, a máquina que produz o café expresso. Dentro do curso, o aluno também aprende técnicas e como utilizar determinadas máquinas básicas para o serviço de Barista.

Café Caseiro

Para quem quer aprender sobre café, mas sem perder aquela prática do café de casa pode se identificar com o curso de Café Caseiro. A formação é bastante específica, por isso, pode ser difícil encontrar o curso no mercado. A possibilidade pode estar disponível em locais que já possuem o curso de Barista.

E qual seria a diferença entre esses dois cursos? Bem, como o próprio nome indica, esse curso é especializado na produção e métodos de preparo do café caseiro.

No curso, a apreciação de diferentes cafés será uma prática constante. Os métodos de preparo caseiro são diversos, como o café coado, a prensa francesa e a aeropress.

Drinks com Café

Se a especialização em café já é uma curso bem específico, a especialização em Drinks de Café é uma formação muito exclusiva. Provavelmente você encontrará esse cursos nas instituições de ensino que oferecem o curso de Barista e o curso de Café Caseiro.

Nessa formação, além dos conhecimentos acerca dos tipos de café, das diferenças do modo de preparo e da degustação por localidade, o aluno precisa aprender também sobre outros ingredientes.

O curso é focado na combinação do café com ingredientes como nozes, balas e chocolates, para então, criarem os seus próprios drinks.